Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Léxico latino — O corpo humano (2)

corpus humanum 2.png

imagem retirada de Adulescens, an. VII, Maio, 1990.

os, oris (n.): boca

labia, labiorum (n.pl.): lábios

nasus, nasi (m.): nariz

genae, genarum (f.pl.) : faces: bochechas

oculus, oculi (m.): olho

cilium, cilii (n.): pálpebra

cilia, ciliorum (n.pl.): pestanas

supercilium, supercilii (n.): sobrancelha

mentum, menti (n.): queixo

manus, manus (f.): mão

palma, palmae (f.): palma da mão; mão

prima palmae pars: primeira parte da mão, quer dizer, pulso

digitus, digiti (m.): dedo

pollex, pollicis (m.): polegar

 

Do latim ao português:

— Tendo em conta este léxico, veja a origem e significado dos vocábulos portugueses:

    - nasal

    - oral

   - digital

   - ocular

   - cílio  / celho  /  celha

   - sobrancelha

   - cilhudo

   - carregar a celha

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:57

 Léxico latino — O corpo humano ( 1 )

Corpus humanum

corpus humanum.png

imagem retirada de: Adulescens, An. VII, 1990   

corpus, corporis (neutro): corpo

caput, capitis (neutro): cabeça

facies, faciei (f.) : rosto, fisionomia

frons, frontis (f.) : cara, rosto

capillus, capilli (m.): cabelo

auris, auris (f.) : orelha, ouvido

collum, colli (n.): pescoço

umerus / humerus, humeri (m.) : ombro

pectus, pectoris (n.): peito

brachium, brachii (n.): braço

cubitus, cubiti (m.): cotovelo

venter, ventris (m.): ventre; barriga

genu, genus (n.): joelho

crus, cruris (n.): perna

talus, tali (m.): tornozelo

pes, pedis (m.) : pé

tergum, tergi (n.): costas

 

 Do latim ao português:

— E agora já sabe onde fica:

     - o osso chamado cúbito

     - o osso chamado úmero

— Sabe a origem e o sentido de genuflexão

— Entende por que razão se chama talar às vestes dos sacerdotes e a alguns trajes académicos

— E percebe a origem do vocábulo capilar

— Fica a saber que tergiversar significa virar as costas ( de tergum + vertere )

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:52

TEMA —  A FAMÍLIA ROMANA  

 

Um velho soldado romano fala da sua família:

 

Sp. Ligustinus [tribus] Crustumina ex Sabinis sum oriundus, Quirites. Pater mihi iugerum agri reliquit et paruum tugurium, in quo natus educatusque sum, hodieque ibi habito. Cum primum in aetatem ueni, pater mihi uxorem fratris sui filiam dedit, quae secum nihil adtulit praeter libertatem pudicitiamque, et cum his fecunditatem, quanta uel in diti domo satis esset. Sex filii nobis, duae filiae sunt, utraeque iam nuptae. Filii quattuor togas uiriles habent, duo praetextati sunt.

Tito Lívio, Ab Vrbe Condita, XLII, 34.

 

A.  Perguntas para a análise e compreensão do texto.

  1. De onde era originário este homem?
  2. A que tribo pertencia?
  3. Que herança recebeu do pai?
  4. Onde habita ele no momento em que fala?
  5. Com quem o casou seu pai quando chegou a idade?
  6. Que “dote” levava a sua noiva?
  7. Quantos filhos tem?
  8. São rapazes ou raparigas?
  9. São ainda crianças ou já adultos?

 

B. Procurar no texto os vocábulos que estão no étimo dos portugueses (se não sabe o significado de algum destes vocábulos, vá ao dicionário de português):

  1. oriundo
  2. relíquia
  3. tugúrio
  4. hodierno
  5. etário
  6. pudicícia
  7. doméstico
  8. nupcial
  9. virilidade

 

C. Vocabulário a destacar:

  • natus sum: nasci
  • educatus sum: fui educado
  • dis, ditis (= diues, diuitis): rico, opulento
  • in diti domo: numa casa opulenta
  • toga uirilis : toga viril (toga usada pelos rapazes a partir dos 17 anos, substituindo a toga praetexta )

 

D. Os membros da família — vocabulário — complete a lista:

  • o pai:
  • a mãe: mater
  • o irmão:
  • a irmã: soror
  • o filho:
  • a filha:
  • o marido: maritus
  • a esposa:

 =============================================

Flexão Verbal

 

O pretérito perfeito da voz passiva:

— forma-se com o particípio passado do verbo principal e o presente do indicativo do verbo esse

educatus, a, um   sum

         “                   es

         “                   est

educati, ae, a      sumus

   “                         estis

   “                         sunt

 

 

Exemplos:

  1. O rapaz foi educado em Itália : Puer in Italia educatus est
  2. Os rapazes foram educados em Itália: Pueri in Italia educati sunt.
  3. A rapariga foi educada .... : Puella educata est...
  4. As raparigas foram educadas.... : Puellae educatae sunt...
  5. Nós fomos educados /as .... : educati /educatae sumus ... 

 

Nota:

— Há verbos que têm apenas formas passivas, mas significado activo (verbos depoentes):

  • natus sum : nasci
  • nati sumus : nascemos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:15

salue.jpg

Paulus coquus est. In culina laborat et prandium ad amicos parat. Hodie oua, secundum Apicium:

" Oua frixa: oenogarata. Oua elixa: liquamine, oleo, mero uel ex liquamine, pipere, lasere. In ouis hapalis: piper, ligusticum, nucleos infusos. Suffundes mel, acetum: liquamine temperabis."  

ovos.jpg

 

 

oenogaratus, a, um: cozido em oenogarum (molho composto de garum e de vinho)

frixus, a, um : frito (particípio de frigo, is, ere)

elixus, a, um : cozido

liquamen, liquaminis: molho (garum)

piper, piperis   : pimenta

laser, laseris : laser (suco de uma espécie de cana)

hapala (= apala, aeoua: ovos moles

ligusticum, i: ligústico (espécie de planta)

nucleus, i : amêndoa

 

Paula medica est, in nosocomio laborat. Post prandium, amicos Pauli in nosocomio recipit et eorum salutem curat.

 

nosocomium, i : hospital

recipio, is, ere : receber, acolher

salus, salutis : saúde

curo, as, are : tratar de 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:24

Vamos escrever uma carta

 

Era usual, entre os romanos, uma determinada fórmula para começar uma carta: perguntar pela saúde daquele a quem a carta se dirigia e, por outro lado, informar sobre o estado de saúde de quem escrevia.

 

[ recordemos, em português, aquelas tradicionais cartas: “Espero que ao receberes esta minha carta estejas bem de saúde. Eu estou bem, graças a Deus”]

 

Em Cícero, encontramos estes exemplos:

Si vales, bene est. Tradução: Se estás bem de saúde, é bem. [ = muito estimo a tua saúde ]

 

Por vezes, escreviam-se apenas as iniciais de cada palavra, como aqui:

S. v. b. e. e. v.  [ si vales, bene est, ego valeo ] : Se estás bem de saúde, é bem, eu estou bem.

 

— Terminava-se a carta com os mesmos votos de boa saúde.

 

Vale. Tradução literal: fica bem, ou adeus

Cura, ut valeas. Tradução literal: preocupa-te por passares bem / esforça-te por teres saúde / trata de ti.

 ==============================================

 

O Verbo

ualeo, uales, ualere : ser forte; ter saúde, estar bem de saúde, passar bem

 ======================================================

 

Nos cumprimentos

  • ut uales? : como estás? / como passas?
  • bene / optime / recte ualeo : estou bem / estou óptimo / estou perfeitamente

 

O imperativo deste mesmo verbo funciona também como fórmula de despedida, como saudação:

uale / ualete   (singular / plural) : passa bem / passem bem ; adeus

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:50

Vamos a apresentações!

 

Como dizer o seu nome

— Salue! Ego sum Carolus!  — Viva /Olá! Eu sou o Carlos!

        ou

— Vocor Carolus — Chamo-me Carlos

— Vocor Claudia — Chamo-me Cláudia.

 

       ou ainda

 

— Est mihi nomen Carolus (literalmente: existe para mim o nome Carlos = Chamo-me Carlos

— Est tibi nomen Antonius — Tu chamas-te António.

 

— Vocaris Beatrix — Tu chamas-te Beatriz.

— Vocatur Claudius — Ele chama-se Cláudio.

— Illi est nomen Antonius — Ele chama-se António.

— Haec puella est Claudia — Esta rapariga é a Cláudia.

 

Flexão verbal

O presente do indicativo da Voz Passiva:

uocor

uocaris

uocatur

uocamur

uocamini

uocantur

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:25

IN  HOC  SIGNO VINCES

in hoc.pngin_hoc_signo_vinces.jpg

In hoc signo uinces 

 

Segundo Eusébio de Cesareia, o imperador Constantino teria tido uma visão: quando olhava para o sol, viu uma cruz luminosa onde se lia a inscrição, in hoc signo vinces - "com este sinal vencerás", e isso foi um sinal, segundo outras versões,  para ele vencer a batalha da ponte Múlvia contra Maxêncio, que teve lugar no dia 28 de Outubro do ano 312.

Uma outra versão diz que Constantino teve esta visão na altura da batalha e que, por isso, mandou colocar este símbolo nos escudos dos seus soldados. 

 

Estudo da língua:

o pronome determinante hic haec hoc  e a formação do tempo futuro (ver lição anterior).

  Outras expressões com o pronome hic haec hoc 

hoc die: hoje [neste dia]

hoc tempus: as circunstâncias presentes [este tempo]

hoc opus, hic labor est: esta é a obra, este o trabalho = aqui é que a porca torce o rabo

in hoc tempore: neste tempo

ad hoc : para isto

 

  hic — advérbio de lugar : aqui  

hic iacet: aqui jaz

hic et nunc: aqui e agora

non est hic : não está aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:12

A 3 de Janeiro do ano 106 a.C. nasceu, em Arpino, Marco Túlio Cícero — o orador, o político, o filósofo

 

Duas passagens do seu 1º Discurso contra Catilina, proferido no Senado:

 

— Quousque tandem abutere, Catilina, patientia nostra? Quam diu etiam furor iste tuus nos eludet? Quem ad finem sese effrenata iactabit audacia?   

 — O tempora, o mores! Senatus haec intellegit; consul uidet; hic tamen uiuit. Viuit? Immo uero etiam in senatum uenit, fit publici consilii particeps, notat et designat oculis ad caedem unumquemque nostrum.

 

  Notas:

  1. abutere: forma de futuro, 2ª pessoa do singular (voz passiva) : abusarás
  2. patientia nostra: ablativo do singular, construção exigida pelo verbo (abutor – tem o complemento em ablativo)
  3. eludet: forma de futuro, 3ª pessoa do singular (voz activa)
  4. iactabit: forma de futuro, 3ª pessoa do singular
  5. unumquemqueacusativo do singular: cada um 

 

CATILINA:

Catilina, que desempenhou vários cargos na magistratura do seu tempo, foi adversário de Cícero na candidatura ao Consulado, em 63 a.C. Planeava uma conjura contra o Senado, mas foi descoberto e contra ele proferiu Cícero, no Senado, três violentos discursos.

 

Vocabulário:

abutor, abuteris, abuti, abusus sum (verbo depoente): abusar

caedes, is : morte violenta; assassínio; massacre

effrenatus, a, um : desenfreado

eludo, is, ere, elusi, elusum : zombar

iacto, as, are, aui, atum: lançar

mos, moris : costume

quamdiu: durante quanto tempo?

quousque: até quando

tandem: finalmente

uiuo, is, ere, uixi, uictum : viver

 

FLEXÃO VERBAL

O futuro:

  • nos verbos da 1ª e 2ª conjugações (temas em –a e em – e) o futuro tem a característica – bo - (- bi - / - bu -)
  • nos verbos da 3ª e 4ª conjugações, o futuro tem a característica – a - (1ª pessoa) / - e -

 

Conjugação:

futuro.tiff

 OS PRONOMES / determinantes

pronomes.tiff

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:40

A PASSAGEM DO RUBICÃO

 

Durante a campanha da Gália, César recebe ordens do Senado: deve licenciar o exército e regressar a Roma. Mas, não obedecendo às ordens, César, com o seu exército, atravessa o Rubicão (rio que separava a Gália Cisalpina da Itália). Isso era equivalente a uma declaração de guerra. Começava, assim, a Guerra Civil entre César e Pompeu.

 

Foi a 10 de Janeiro do ano 49 a.C.

 

Diz-nos Suetónio:

 

“Seguindo de perto o exército até ao rio Rubicão, que era o limite da província, parou um pouco, e reflectindo sobre o que fazia, voltando-se para os mais próximos, disse: “neste momento, ainda podemos retroceder; porque se atravessarmos essa pequena ponte, tudo terá de ser decidido pelas armas.”

Enquanto ele hesitava mostrou-se-lhe um tal prodígio: uma pessoa de rara corpulência e formosura apareceu de repente, sentada ali bem perto, tocando flauta; como, para além dos pastores, acorressem para o ouvir muitos soldados dos destacamentos e entre eles até os tocadores de trombeta, tendo arrebatado a trombeta a um, saltou para o rio e, iniciando com um forte sopro o toque da trombeta, dirigiu-se para a outra margem.

Então César disse: “Avancemos para onde os prodígios dos deuses e a iniquidade dos inimigos nos chama. A sorte está (foi) lançada.”

Suetónio, Júlio César

ALEA IACTA EST!

Duas frases deste texto:

  1. Etiam nunc regredi possumus; quod si ponticulum transierimus, omnia armis agenda erunt.
  2. Eatur, quo deorum ostenta et inimicorum iniquitas uocat. Iacta alea est.

 

Vejamos a análise destas duas frases:

1

  • possumus: forma o verbo possum (um composto de sum)
  • regredi : infinitivo presente passivo (trata-se de um verbo depoente, quer dizer, um verbo que só tem formas passivas, mas significação activa)
  • regredior, regrederis, regredi, regressus sum
  • quod (conjunção causal): porque
  • ponticulum — diminutivo de pons, pontis : ponte ; ponticulus, ponticuli: pequena ponte
  • transierimus: forma de conjuntivo do verbo transire (composto de ire )
  • omnia: nominativo neutro do plural de omnis, omne
  • agenda erunt : perifrástica passiva (indica dever, obrigação) — verbo ago, agis, agere, egi, actum

 

  • eatur : avance-se; avancemos; forma de presente do conjuntivo passivo do verbo ire
  • quo : para onde
  • ostentaostentum, ostenti (neutro): prodígio
  • iniquitas, iniquitatis: iniquidade, adversidade
  • alea, aleae : dado, jogo de dados; sorte
  • iacta est: pretérito perfeito passivo do verbo iacio, iacis, iacere, ieci, iactum

 

Os verbos

Vejamos:

  • sum, es, esse, fui : ser

Os compostos de esse :

praesum, praees, praeesse, praefui : estar à frente, presidir

adsum, ades, adesse, adfui ou affui : estar presente, estar em, assistir, ajudar

obsum, obes, obesse, obfui ou offui : opor-se a, ser prejudicial, obstar

absum, abes, abesse, abfui ou afui : estar ausente, estar longe de

desum, dees, deesse, defui : faltar

supersum, superes, superesse, superfui : restar, sobreviver, durar

prosum, prodes, prodesse, profui : ser útil a, aproveitar

possum, potes, posse, potui : poder

 

  • eo, is, ire, iui (ii), itum : ir

 

Compostos de ire:

  • transeo, transis, transire, transiui, transitum : atravessar
  • ineo, inis, inire, iniui, initum: ir para, entrar
  • exeo, exis, exire, exiui, exitum : sair

 

Verbos depoentes : têm formas passivas, mas significação activa

  • regredior, regrederis, regredi, regressus sum : retroceder, voltar
  • ingredior, ingrederis, ingredi, ingressus sum : caminhar para, entrar em
  • progredior, progrederis, progredi, progressus sum : ir para diante, avançar, progredir 

 

Conjugação:

possum

potes

potest

possumus

potestis

possunt

eo

is

it

imus

itis

eunt

 

Nota: o verbo possum tem o radical pot- nas formas em que o verbo sum começa por vogal e pos- nas formas em que o verbo sum começa por consoante

 

  1. As desinências passivas:

- or

- ris / - re

- tur

- mur

- mini

- ntur

 

3.1. presente do indicativo, voz passiva

Exemplo:

uocor

uocaris

uocatur

uocamur

uocamini

uocantur

 

========================================

 

Do latim ao português

Com que palavra latina se relaciona cada um destes vocábulos portugueses?

  • ingrediente
  • ingresso
  • regresso
  • trânsito
  • êxito
  • vocativo
  • progresso

travessia do Rubicão.jpg

Rubicão2.jpeg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:04

Vamos hoje fazer a síntese gramatical da 3ª declinação:

 

— Genitivo do Singular em - is

- Temas em consoante

- Temas em -i

* São de tema em consoante, regra geral, os nomes imparissilábicos (os que apresentam número desigual de sílabas no nominativo e no genitivo do singular).

* São de tema em i , regra geral, os nomes parissilábicos (os que apresentam número igual de sílabas no nominativo e no genitivo do singular).

 

  1. Temas em consoante:

— Nominativo do singular sigmático ( forma-se acrescentando um s ao tema): são temas em consoante dental ( t, d), labial (p, b), oclusiva (c, g) e nasal m

Ex:

tema: ciuitat- ; nom. sing.: ciuitat + s > ciuitats ( o s assimila o t )> ciuitass > ciuitas

— Nominativo do singular assigmático (igual ao tema): são temas em r , l, s e nasal n

Ex:

tema: soror- ; nom.sing.: soror (igual ao tema).

 

DECLINAÇÃO:

  1. Com Nominativo do Sing. Sigmático: (masculinos e femininos)foto 1.tiff

Outros exemplos:

foto 2.tiff

  1. Com Nominativo do Sing. assigmático  — igual ao tema (masc. e fem.):

Declinação:

foto 3.tiff

* Nos nomes de tema em cons. nasal n , dá-se a queda da nasal no nom. do singular

Outros exemplos:

foto 4.tiff

. Temas em i :

 

Declinação

foto 5.tiff

Depois destas regras gerais, há excepções:

  1. Há nomes que, embora imparissilábicos (quando vemos o seu enunciado), são de tema em – i, isto é, têm o genitivo do plural em – ium:
  • pons, pontis : ponte
  • fons, fontis : fonte
  • mons, montis : monte
  • urbs, urbis : cidade
  • ars, artis : arte
  • arx, arcis : cidadela

—  em geral, nomes em que a desinência de genitivo do singular está precedida de duas consoantes

  1. Há nomes que, embora parissilábicos, são de tema em consoante, isto é, têm o genitivo do plural em – um:
  • pater, patris : pai
  • mater, matris : mãe
  • frater, fratris : irmão
  • canis, canis : cão
  • iuuenis, iuuenis : jovem
  • panis, panis : pão
  • senex, senis : velho
  • uates, uates : adivinho
  1. Alguns nomes de tema em –i, têm o acusativo do singular em – im e o ablativo do singular em – i :
  • sitis, sitis : sede
  • turris, turris : torre
  • tussis, tussis : tosse
  • febris, febris : febre
  • uis, uis : força
  • Tiberis, Tiberis : Tibre (rio que atravessa Roma)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:39


Mensagens


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

subscrever feeds



calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigado pela correção e resposta. E que erro bob...

  • isa

    Digital vem de "digitus".A revista Adulescens adqu...

  • Anónimo

    — Tendo em conta este léxico, veja a origem e sign...

  • isa

    Nunca se dá tal "crase". O primeiro u tem função c...

  • Anónimo

    Numa palavra como "uulgata", há a crase dos "u"s ...