Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Antecedentes de Roma

De Eneias a Rómulo  

Post Aeneam, Ascanius, Aeneae filius, in Italia diu regnat. Cum amicis et magno seruorum numero, Albam in amoeno loco condit (funda). Post Ascanium, Ascanii filius magno animo patriam regit, nec deos omittit. Ita per multos annos Aeneae familia in Italia regnat.

Tandem Proca regnat qui duos (II) filios gignit. Numitor post Procam patriae curam accipiet (receberá), nam sapientissimus est: "O fili, semper patriam in animo habe, nam Albae dominus eris (serás)."

Sed mox Amulius, malus filius, eum (o) ex patriae muris expellit, filiosque interficit. Filiam quoque, Rheam Siluiam, Vestae uouet: ita neque nubere neque filium habere debet.

Fortuna uero deum Rheae Siluiae obiicit: Rhea, in silua ambulans (caminhando), deum uidet. Deus Rheam Siluiam amat. Ita Rhea gemellos pariet (dará à luz): Romulus et Remus dei feminaeque filii sunt.

 

in Jacques Gason e Alain Lambert, Invitation au Latin, Paris, Magnard.

 


 

Sistematização gramatical

1. Flexão verbal

—    O infinitivo presente da voz activa termina em – re (como em português termina em  - r)

—    Se tirarmos a terminação do infinitivo encontramos o tema do verbo

Assim:

—    amare — tema: ama -  : verbo de tema em – a

—    habere — tema: habe - : verbo de tema em – e

—    audire — tema: audi - : verbo de tema em - i

 

Imperativo presente:

—    2ª pessoa do singular — ama  (= ao tema) ;   habe  ;  uide   ; audi

—    2ª pessoa do plural — amate (tema + -te); habete ; uidete  ; audite

 

2. Sintaxe:

— complemento circunstancial de lugar onde — exprime-se em ablativo regido da preposição in : in Italia “na Itália”

—  complemento circunstancial de companhia — cum + ablativo : cum amicis “com os amigos”

—  complemento circunstancial de tempo (indicando a duração) — per + acusativo : per multos annos “durante muitos anos”

 

3. Algumas preposições:

regem ablativo:

-       in : em

-       cum : com

-      e / ex : de (lugar donde)

regem acusativo:

-       post : depois de

-       per : por, através de

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:43


Mensagens


7 comentários

De Daniel a 23.03.2014 às 17:55

Sempre trabalhando nas traduções, estou tendo enormes dificuldades nesta. Então farei aos poucos e com seu auxílio. E obrigado pelo essa enorme ajuda , feito só pelo intuito da aprendizagem do latim! Obrigado de novo!! Eis minha tentativa:

"Post Aeneam, Ascanius, Aeneae filius, in Italia diu regnat. Cum amicis et magno seruorum numero, Albam in amoeno loco condit. Post Ascanium, Ascanii filius magno animo patriam regit, nec deos omittit. Ita per multos annos Aeneae familia in Italia regnat."


Depois de Enéas, Ascânio, filho de Enéas, reina na Itália durante muito tempo. Com amigos e grande número de escravos, localiza(?) Alba num local ameno. Depois de Ascânio, filho de Ascânio governa a pátria à grande animo(?), nem esquece os deuses. Ita reina a família de Enéas na Itália durante muitos anos.

Tive dúvidas em algumas palavras(condit, animo), nas funções de outras(magno animo). E, por fim, há alguma lógica na regência das preposições?

De isa a 23.03.2014 às 18:54

Tem razão, algumas palavras escaparam no vocabulário fornecido. O verbo "condere" significa "fundar". Portanto:
"Depois de Eneias, Ascânio, filho de Eneias, reina na Itália durante muito tempo. Com os amigos e grande número de escravos funda Alba num lugar ameno. Depois de Ascânio, o filho de Ascânio governa a pátria com grande ânimo (coragem), nem esquece os deuses. E assim, durante muitos anos a família de Eneias reina na Itália."

"magno animo" — é um ablativo, será um complemento circunstancial de modo.
A regência das preposições é assim, umas regem ablativo, outras acusativo, tem alguma lógica com os complementos.

Não estava muito mal, como vê. Este texto também já avançava com várias coisas que ainda não estavam explicadas.

Parabéns pelo seu gosto em aprender latim

De Daniel a 23.03.2014 às 20:18

Obrigado!! Em breve traduzirei o resto.

De Daniel a 24.03.2014 às 20:21

"Tandem Proca regnat qui duos (II) filios gignit. Numitor post Procam patriae curam accipiet (receberá), nam sapientissimus est: "O fili, semper patriam in animo habe, nam Albae dominus eris (serás)."

"Finalmente Proca reina, o qual gera dois filhos. Numitor depois Proca receberá a direção do pai, e(?) é inteligentíssimo: "Ó filho, sempre tenha o pai no ânimo, enquanto(?) serás senhor de Alba"
Dúvida em relação ao significado de nam.


De isa a 25.03.2014 às 00:26

nam : é uma conjunção "pois"
post : é uma preposição que rege acusatico "depois de" — "post Procam" — depois de Proca
patria, ae : pátria (não "pai" — pai é "pater")
O sujeito da primeira oração deverá, em português, vir depois do verbo para ficar mais próximo do pronome relativo do qual é o antecedente.
Tradução:
Finalmente reina Proca que gera dois filhos. Numitor depois de Proca receberá o cuidado (a direcção) da pátria, pois é muito sapiente (muito conhecedor): "Ó filho, tem sempre a pátria no teu espírito, pois serás o senhor de Alba."

De Anónimo a 26.09.2014 às 00:16

Há alguma lógica para descobrir qual a regência de uma preposição? Ou só memorizando? Todas as preposições regem algum caso(só é mesmo ablativo e acusativo?)?

De isa a 26.09.2014 às 16:50

As preposições regem casos e estão ligadas a vários tipos de complementos da frase e do verbo. Umas regem acusativo, outras regem ablativo. Para já convém fixar que o acusativo é o caso que indica um movimento de aproximação. Temos que conhecer umas e outras e relacioná-las com o complemento a que se referem. Faremos uma sistematização das preposições e das suas funções.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D



calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tradução ...

  • isa

    O Boletim de Estudos Clássicos só pode ser encontr...

  • isa

    Atenção à tradução:Sabini Romanorum seruos audiunt...

  • Anónimo

    ...

  • Anónimo

    Tradução do texto simplificado Europa é um lu...