Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




9ª lição — Documentum nonum

por isa, em 11.03.14

Segundo a tradição, Eneias, o herói troiano, é o mais longínquo antepassado de Roma.

Assim nos diz Virgílio:

Roma

As origens troianas

 

Arma uirumque cano, Troiae qui primus ab oris

Italiam fato profugus Lauiniaque uenit

Litora, multum ille et terris iactatus et alto

Vi Superum, saeuae memorem Iunonis ob  iram,

Multa quoque et bello passus, dum conderet urbem

Inferretque deos Latio, genus unde Latinum

Albanique patres atque altae  moenia Romae.

                          Virgílio, Eneida, I, 1-7.

Canto as armas e o varão, o primeiro que, das plagas troianas           

perseguido pelo destino, aportou à Itália e às praias de Lavínio

tão acossado em terra e mar pelo poder

dos deuses das alturas, devido à ira desperta de  Juno cruel,

e sofreu também muito na guerra, até fundar a cidade

e trazer os deuses para o Lácio. Daí vem a raça latina,

os nossos pais Albanos e da alta Roma as muralhas.

                       (trad. de Maria Helena da Rocha Pereira )

 

 

 

Vejamos em texto mais simples:

Dea irata est nam troianos non amat. Poeta saeuam fabulam narrat. Procella asperrima est et nautae defessi sunt. Sed nautae troiani semper nauigant et tandem in Italia sunt. Ora italica amoena est. Ibi nautae quiescunt. Terram italicam uident. Tunc siluas uicinas petunt. Terra pulchra est et amoena. Nautae aquam limpidam inueniunt.

 

Vocabulário:

ora : praia ;  litoral

nauta : marinheiro

silua : bosque

quiescunt : descansam

petunt : procuram

inueniunt : encontram

saeua : cruel ; terrível

asperrima : muito dura

defessi : cansados ;  

defessa : cansada

amoena : amena ; agradável

 

tandem : finalmente

tunc : então

nam : pois; na verdade

ibi : aí

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:49


Mensagens


6 comentários

De Daniel a 11.03.2014 às 16:39

Tentei fazer uma tradução, você poderia tentar corrigi-la? E "ora italica" poderia ser "ora italiae? E a primeira frase que tem dois verbos, como seria uma tradução melhor?

Original

"Dea irata est nam troianos non amat. Poeta saeuam fabulam narrat. Procella asperrima est et nautae defessi sunt. Sed nautae troiani semper nauigant et tandem in Italia sunt. Ora italica amoena est. Ibi nautae quiescunt. Terram italicam uident. Tunc siluas uicinas petunt. Terra pulchra est et amoena. Nautae aquam limpidam inueniunt."

Versão
Existe uma deusa zangada,pois não ama os troianos. Os poetas contam terríveis fábulas. A tempestade é muito dura e os marinheiros estão cansados. Mas os marinheiros de Troia sempre navegam e, finalmente, estão na Itália. A praia italiana é amena. Aí marinheiros descanção. Vêm a terra italiana. Então procuram bosques vizinhos. A terra é linda e agradável. Os marinheiros encontram águas limpas."

De isa a 11.03.2014 às 18:21

Não está nada mal. Algumas correcções:
—"est" . pode ser "é", "existe", "está" — A deusa está zangada. (ficaria melhor)
— "poeta narrat" — o sujeito está no singular e o verbo na 3ª pessoa do singular; também o complemento directo está no singular — O poeta conta uma história terrível [ está a referir-se a Virgílio, o autor do texto anterior].
— troiani: é um adjectivo; está correcta a sua tradução, mas também podia traduzir por "troianos".
— "italica" pode ser traduzido por "itálica";
— depois são erros de português (acontece...) " aí os marinheiros descansam"; "vêem ..."
— Na última frase, o complemento directo "aquam limpidam" está no singular "água límpida"

A primeira frase tem dois verbos, são duas orações. "ora italica" — "italica" é o adjectivo a concordar com "ora"; "ora italiae" também era correcto, sendo "italiae" o genitivo do substantivo; aqui não seria de usar para não confundir com o país actual, Itália, visto que "italica" se refere apenas à região, num contexto da antiguidade.
MUITO BEM.

De Daniel a 11.03.2014 às 21:37

Depois das correções:

"A deusa está zangada,pois não ama os troianos. O poeta conta uma história terrível. A tempestade é muito dura e os marinheiros estão cansados. Mas os marinheiros troianos sempre navegam e, finalmente, estão na Itália. A praia itálica é amena. Aí os marinheiros descansam. Veem a terra itálica. Então procuram os bosques vizinhos. A terra é linda e agradável. Os marinheiros encontram água limpa."

Não sei como confundi o plural e o singular, mas, agora, eu acho que está melhor.

De isa a 12.03.2014 às 20:47

Está correcta. Muito bem. Em breve porei aqui outra lição.

De Carlos a 13.03.2014 às 21:15

Nos trechos "ab oris" e "ob iram", devemos ler aboris(junto) ou ab oris(pronunciando cada qual separadamente)?

De isa a 14.03.2014 às 00:02

Na leitura tem de se notar que são duas palavras (a preposição e o nome).

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D



calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tradução ...

  • isa

    O Boletim de Estudos Clássicos só pode ser encontr...

  • isa

    Atenção à tradução:Sabini Romanorum seruos audiunt...

  • Anónimo

    ...

  • Anónimo

    Tradução do texto simplificado Europa é um lu...