Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LATIM PARA AMADORES

Este é um caderno de notas, de apontamentos — vamos aprender latim. É um curso para amadores — amadores no sentido etimológico do termo: "amador" é "aquele que ama", aquele que ama a língua latina e quer aprendê-la.

LATIM PARA AMADORES

Este é um caderno de notas, de apontamentos — vamos aprender latim. É um curso para amadores — amadores no sentido etimológico do termo: "amador" é "aquele que ama", aquele que ama a língua latina e quer aprendê-la.

1ª Lição — Documentum primum

Na página inicial, saudámos o visitante, cada um, individualmente, ou todos, omnes:

 

Salue — saudação a uma só pessoa — corresponde a um "bom dia", "viva"; Saluete — dirige-se a várias pessoas ao mesmo tempo.

 

É uma forma de saudação, mas, na realidade, são formas verbais. Trata-se do imperativo do verbo que significa "estar de boa saúde", "estar bem", sendo salue a 2ª pessoa do singular e saluete a 2ª pessoa do plural.

 

Pode também aparecer com a grafia salve e salvete.

 

Porquê estas duas grafias?

 

No latim clássico não existia a letra v — mas sim a semi-vogal u, que podia ter valor vocálico ou valor consonântico (quando maiúscula tem a forma V, que vemos nas inscrições), só mais tarde se fez a distinção gráfica entre as duas situações.

 

É esta forma — Salve — que, no catolicismo,  temos na oração à Virgem, Salve Rainha.

 

— Com o mesmo valor, saudando aquele que chega, a forma aue / ave,  que todos conhecem da saudação ao imperador "AVE CAESAR!"

 

— Também na oração católica temos a  Ave Maria, a saudação à Virgem.

— Na saudação popular, a cair em desuso, temos a expressão "Deus te salve!"

 

Discamus linguam latinam : estudemos a língua latina.

 

 

18 comentários

Comentar post